SINOPSE

Nos confins do Alto Sertão Baiano, a cada dia 12 de Outubro, homens e mulheres reúnem-se para celebrar o Langa de Nossa Senhora Aparecida. Entre orações fervorosas e aos sons de cordas e percussões, dançam e cantam ao longo da noite, expressando sua devoção à santa negra. Mas esse cenário místico esconde histórias tristes. São histórias de dor e sofrimento. Histórias de homens e mulheres escravizados, contadas pelos negros da região, da forma como as ouviram dos seus avós e bisavós.

É por devoção que eles fazem aquilo ali. No lugar que dançava o Langa, com aquele santo, era só uma vez por ano. Dava naquele dia e dizia, ‘Hoje é dia de Nossa Senhora Santana’. E ia festejar aquele santo.

— João Ferreira dos Santos ★1939 —

FOTOS

Fotos Making Of

Meus avós foram os escravos de Manoel Moreira da Trindade. Eles foram escravos. Mas minha mãe já nasceu ventre livre.

— Raimunda Moreira Trindade ★1928 —

CONTATO

Deixe uma mensagem ou tire dúvidas sobre este documentário

Back to Top